Notícia

A alta poluição do ar põe em risco a psique de nossos filhos

A alta poluição do ar põe em risco a psique de nossos filhos


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Alta poluição do ar leva a doenças mentais 70% mais graves

A crescente poluição do ar em nossas cidades leva a vários efeitos negativos na saúde humana. Os pesquisadores descobriram agora que a poluição do ar em jovens aumenta significativamente a probabilidade de experiências psicóticas.

Um estudo recente do King's College London descobriu que o aumento da poluição do ar em jovens aumenta o risco de sintomas psicóticos, como ouvir vozes ou paranóia intensa. Os resultados da investigação foram publicados na revista em língua inglesa "Jama Psychiatry".

Os jovens estão particularmente em risco

Os pesquisadores analisaram as experiências de mais de 2.000 participantes com 17 anos na Inglaterra e no País de Gales. Eles descobriram que pessoas em locais com níveis mais altos de óxido de nitrogênio eram 70% mais propensas a apresentar sintomas como ouvir vozes ou paranóia intensa. Já se sabia que as pessoas que crescem nas cidades têm mais experiências psicóticas do que as que vivem fora das áreas metropolitanas. A nova pesquisa sugere que substâncias tóxicas no ar podem ser uma possível razão para esses efeitos. No entanto, o tipo de estudos realizados não demonstrou ter relação causal e outros fatores, como o ruído, também podem desempenhar um papel importante.

Quais fatores ainda têm impacto na psique dos adolescentes?

As experiências psicóticas ocorrem muito mais frequentemente em adolescentes do que em adultos. Quando as pessoas experimentam esses sintomas em uma idade jovem, são mais propensas a desenvolver doenças mentais graves. Com tantas pessoas vivendo em cidades ao redor do mundo, é particularmente importante descobrir as razões das doenças mentais nos centros urbanos. O presente estudo também considerou outras possíveis causas de experiências psicóticas, como tabagismo, uso de álcool e cannabis, renda familiar e histórico psiquiátrico. Os pesquisadores suspeitam que cerca de 60% da conexão entre a vida urbana e as experiências psicóticas possam ser explicadas pelos óxidos de nitrogênio. Outros fatores importantes podem ser a vulnerabilidade genética e o crime experimentado.

Os óxidos de nitrogênio geralmente vêm de veículos a diesel

A maioria dos óxidos de nitrogênio vem de veículos a diesel e estão em um nível ilegal na maioria das cidades do Reino Unido. O governo já perdeu três vezes para o Supremo Tribunal porque não reduz a poluição com rapidez suficiente. Pesquisas vinculam a poluição do ar a um número crescente de doenças, incluindo inteligência reduzida, demência e depressão, enquanto outras pesquisas mostram que a poluição do ar também pode afetar o cérebro. Crianças e adolescentes são particularmente suscetíveis à poluição do ar. Isto é devido ao seu desenvolvimento cerebral e sistema respiratório jovens.

O ar urbano era particularmente prejudicial para os adolescentes

O presente estudo combinou dados sobre poluição do ar e experiências psicóticas relatadas por adolescentes em conversas privadas. Um terço dos jovens morava em áreas urbanas, um quinto morava em áreas rurais e o restante em subúrbios. No geral, 30% dos adolescentes relataram pelo menos uma experiência psicótica, uma taxa considerada bastante normal para os adolescentes. No entanto, as experiências psicóticas foram significativamente mais comuns entre os adolescentes que moravam nos 25% das áreas mais poluídas. Nas áreas com as maiores concentrações de óxidos de nitrogênio, houve doze adolescentes que relataram experiências psicóticas, para cada 20 adolescentes que não tiveram essas experiências. Em áreas com menor poluição do ar, por outro lado, havia apenas sete adolescentes que relataram experiências psicóticas, para cada 20 adolescentes que não tiveram problemas psicológicos.

Mais pesquisas são necessárias

Os pesquisadores também descobriram uma conexão com a poluição causada pelas chamadas partículas finas de poeira, com experiências psicóticas ocorrendo 45% mais frequentemente entre os adolescentes expostos a concentrações mais altas. Embora o estudo atual forneça boas evidências, são necessárias mais pesquisas para verificar os resultados. O estudo faz uma contribuição valiosa para o crescente corpo de evidências de que a poluição do ar pode afetar mais do que apenas a saúde de doenças cardiovasculares e respiratórias.

As autoridades de saúde precisam urgentemente de contramedidas

As pessoas que vivem nas cidades são expostas a altas concentrações de partículas tóxicas todos os dias. Este estudo confirma que a poluição do ar pode ter consequências devastadoras e de longo alcance para a saúde física e mental. As autoridades de saúde devem responder a esse risco e tomar contramedidas o mais rápido possível. A equipe de pesquisa concluiu que são urgentemente necessárias diretrizes para reduzir veículos em nossas estradas e substituí-los por transportes públicos acessíveis, sustentáveis ​​e acessíveis. (Como)

Informação do autor e fonte


Vídeo: CONSEQUÊNCIAS DA POLUIÇÃO DO AR (Setembro 2022).